Descrições e atribuições dos cargos T.I.

Analista programador junior / pleno / senior

Implementa, testa e mantem funcionalidades de sistemas de acordo com sua especificação. Prepara massas de dados a fim de verificar seu correto desempenho, corrigindo possíveis erros. Organiza a documentação pertinente. Interpreta artefatos produzidos pelas técnicas de análise orientada a objetos, uml e seus diagramas, geração de código através de ferramentas case para orientação a objetos.

Normalmente tem formação superior em análise de sistemas, ciência da computação ou correlato, domínio em "procedures, functions, packages, tunning etc.", e conhecimento intermediário em administração de banco de dados, desenvolvimento de sistemas. Domínio de programação.

Analista de sistemas junior / pleno / senior

Efetua levantamento e análise de requisitos de negócio e de sistemas junto aos clientes e usuários. Propõe, modela, especifica, implementa e testa soluções informatizadas, bem como capacita usuários para sua utilização. Elabora modelo conceitual do sistema a ser desenvolvido.

Normalmente possui formação superior em engenharia da computação, processamento de dados, informática, pós lato sensu de especialização em análise de sistemas. Tem sólidos conhecimentos de tecnologias relacionadas a bancos de dados, computação gráfica, orientação a objetos e redes, modelos matemáticos, programação, técnicas de fluxo de trabalho e ferramentas de modelagem.

Suas principais atividades são: levantamento de requisitos do sistema, definição de cronogramas, prototipação e modelagem de dados, desenvolvimento, testes e coordenação de implementação.

Auditor de sistemas

Audita sistemas e redes corporativas, identificando e quantificando fraudes e outros tipos de irregularidade, além de analisar políticas e investimentos necessários para a estrutura de informática da empresa.  Define estruturas de controles internos, analisa riscos, mantem contato com os departamentos: técnico e de negócios da empresa. Graduado em ciência da computação, engenharia da computação ou administração com ênfase em informática. 

Reúne sólidos conceitos de administração, novas tecnologias, principalmente de segurança e desenvolvimento de sistemas, técnicas de análise de investimentos e riscos, elaboração de planos diretores de informática, modalidades de fraudes e outras irregularidades envolvendo dados, domínio de pacotes populares de software e redes de computadores.

Tem amplo domínio das metodologias de auditoria de sistemas (por exemplo, kobit), software para extração e análise de dados, além de metodologias e programas próprios de cada empresa.

Coordenador de desenvolvimento de sistemas

Coordena equipe de desenvolvimento de sistemas, aplicando conhecimentos técnicos, utilizando novas ferramentas e tecnologias da internet, orientando em soluções mais complexas. Elabora e realiza levantamentos sobre informações e dados, para estudo e implantação de sistemas. É graduado em ciências da computação, engenharia da computação ou administração com ênfase em informática.

Coordenador de suporte técnico

Coordena e supervisiona as atividades da área de suporte técnico aos usuários, compreendendo hardwares, softwares e sistemas operacionais de rede. Controla a performance dos sistemas implantados e recursos técnicos instalados. Propõe melhorias nos sistemas operacionais dos equipamentos e microcomputadores dos usuários.

Tem formação universitária em sistemas de informação, ciência da computação ou engenharia da computação e cursos complementares em informática e rede.

Consultor / engenheiro de software

Cria, mantem e audita metodologias de desenvolvimento de sistemas. Acompanha as métricas de desempenho e qualidade dos produtos gerados, comparando-as com as métricas-padrão do mercado. Verifica a adequação do padrão de qualidade e desempenho dos projetos.

Seleciona  e tria produtos e serviços da área de software e sistemas que a empresa venha contratar. Tem bons conhecimentos de linguagens de programação, análise de sistemas, ambientes de tecnologia, planejamento e controle de processos. Linguagem uml para modelagem de dados da aplicação e ferramentas de desenvolvimento de software. Normalmente é graduado em engenharia de sistemas ou informática.

Gerente de tecnologia da informação

Planeja, organiza, gerencia os serviços da área de tecnologia de informação. Desenvolve e implementa políticas e diretrizes que traduzam as melhores práticas existentes e ou disponíveis no mercado, visando a otimização dos serviços e utilização dos recursos sob sua responsabilidade.

Elabora as políticas,  normas e procedimentos relativos a tecnologia de informação zelando pelo seu cumprimento. Coordena a implementação de soluções. Propõe planos de investimentos visando atualização tecnológica. Interage com as áreas clientes, garantindo o bom desempenho de equipamentos, redes e sistemas.

Diretor de tecnologia da informação

Dirige, coordena e controla a implantação do plano diretor de informática da empresa, observando cronogramas, prioridades e orçamentos aprovados. Provê a empresa de sistemas e recursos existentes no mercado.

Dirige o levantamento das necessidades dos usuários, supervisiona o desenvolvimento de projetos de sistemas, busca soluções no mercado de software aplicativo ou contrata serviços de fornecedores externos para desenvolvimento. Administra a rede de computadores e supervisiona a manutenção dos programas e sistemas implantados.

Gerente de segurança da informação

Responde pela segurança da informação elaborando, implantando e gerenciando aplicação de  normas e políticas de proteção aos ativos e sistemas.  Desenvolve análise de risco e mapeamento de vulnerabilidade. Elabora plano estratétigo de continuidade de negócios e recuperação de desastres "disaster recovery plan".

Implementa ferramentas de administração de segurança. Define e implementa procedimentos de teste de intrusão, administração de identidade e permissões de acesso a toda a rede. Atua com os usuários finaias para resolução de problemas que coloquem em risco a segurança das informações.

Cria controles para medição de produtividade e performance. Cuida para que sejam observadas integralmente as normas e políticas segurança.

Gerente de suporte técnico

Coordena a equipe de suporte aos usuários da rede de comunicação de dados na empresa. Responde pela manutenção da infra-estrutura de redes. Atua na detecção e solução de problemas, elaboração de documentos gerenciais, definição de políticas de redes, segurança, backup e e-mail.

Fonte: Lopes & Borghi Consultores Associados

06/07/2005 André Borges - Computerworld

 

 

 

outras Notícias

    06/06/2006
 
    28/03/2003
 
    26/05/2006
 
    25/04/2006
 
    04/04/2006
 
    30/03/2006
 
    28/03/2006
 
    23/03/2006
 
    20/03/2006
 
    20/03/2006
 
    20/03/2006
 
    20/03/2006
 
    28/12/2005
 
    14/12/2005
 
    14/12/2005
 
    11/11/2005
 
    01/09/2005
 
    12/08/2005
 
    25/08/2005
 
    10/08/2005
 
    11/05/2005
 
    06/07/2005
 
    06/07/2005
 
    24/06/2005
 
    29/05/2005
 

© 2004 Ítaca Consultoria e Informática Ldta.